Aprendendo a perceber nossos filtros e a perceber conflitos

 

Se você é como a maioria das pessoas, vai pensar: “gostaria que todos com quem trabalho soubessem como comunicar-se efetivamente comigo – e gostaria de ter a informação pronta de como me comunicar com eles”. A metodologia do Total SDI propicia isso.

Pode facilitar também o entendimento do que ocorre quando o seu cliente reage , por exemplo, desistindo de um projeto ou de uma negociação. Sem uma avaliação exata não podemos identificar como interagir com os outros a fim de obter os resultados desejados. Por outro lado, se estamos conscientes dos nossos filtros, podemos decidir por uma melhor maneira de agir – como ser enérgico com a parte interessada, e quando ser favorável; quando seguir em frente com cuidado com alguém e quando não há nenhum risco.
Nossos filtros podem também falsamente limitar nossas opções. Muitas vezes achamos que só possuímos algumas alternativas disponíveis para uma situação, quando na verdade temos um verdadeiro arsenal. Restrições de nossa parte limitam nossa capacidade de responder efetivamente e interagir com os outros. O indivíduo, a equipe e suas organizações pagam o preço na perda de potencial, desempenhos medíocres e decisões precárias.

O treino do SDI ajuda a remover esses problemas. O programa consegue isto porque ensina escolhas mais efetivas baseadas numa melhor avaliação de situações.

Quando conseguimos conectar capacidades especificas ao cerne de nossa motivação, descobrimos que é mais fácil escolher comportamentos que antes achávamos difíceis.

O SDI também mostra como conflitos afetam nossa maneira de ver situações e como escolhemos quais capacidades usar. Nos conflitos queremos nos proteger ou defender nossos valores e compromissos. Ou seja, nossa motivação é diferente quando encaramos um conflito e ela pode passar por 3 modificações durante o conflito – são 3 estágios de conflito:

  • Acomodar aos outros
  • Autoafirmar
  • Analisar a situação

Olhando como somos sob duas condições – quando as coisas vão bem e quando estamos em conflito – podemos ver a situação de maneira mais completa do que quando assumimos que temos somente uma maneira de ser o tempo todo. Quando compreendemos o que nos motiva quando tudo está bem – e como funcionamos durante um conflito, aprendemos conexões importantes. O que nos leva ao conflito com os outros – e o que nos leva a resolvê-los.